Dicas úteis #5: O que se pode levar na bagagem de cabine?

Dicas úteis #5: O que se pode levar na bagagem de cabine?

Esta é aquela questão que todos nós mais ou menos sabemos. Mesmo se nunca tenhamos andado de avião, já ouvimos alguém falar ou lemos em algum sítio sobre este tema. Nas últimas viagens de avião que fiz, muito por serem low cost viajo sempre com mala de cabine. É aqui que começam (ainda mais) as restrições.

No fim do artigo têm um esquema resumo sobre as principais limitações, e abaixo as informações detalhadas. Caso tenham alguma dúvida, contactem-me.

Os líquidos são a dor de cabeça de muita gente, e são várias as pessoas ficam sem os seus artigos porque excedem o limite. Tomem nota que não podem ter mais de 100 ml e todos os líquidos deverão ser acondicionados num saco de plástico transparente, de capacidade inferior a 1 litro por passageiro. É solicitado que o saco seja retirado e passado separadamente nos postos de controlo, por isso é importante que não fique no fim da mala. Se viajam com crianças e levam sopa ou leite, não precisam de se preocupar em colocar no saco, mas preparem-se que pode ser inspecionado pela segurança. O mesmo se aplica a medicamentos líquidos.

A comida é outra questão que levanta sempre muitas dúvidas, e quem vive ou já viveu fora sabe o que é tentar meter um bacalhau dentro da mala. 🙂 Com a mala de cabine há mais restrições, mas mesmo assim ainda há coisas que são permitidas como fruta, vegetais e alimentos sólidos. Os alimentos com líquidos, cremes, pastas, mel ou compotas devem ser colocados no saco transparente que vos falei há pouco, embora nunca se esqueçam que é um único saco por pessoa.

Os objetos mais conhecidos de serem proibidos:

– Armas em geral, incluindo as pistolas de água;

– Dispositivos neutralizantes ou atordoantes;

– Objetos pontiagudos ou cortantes, incluindo as lâminas de barbear e as limas, apesar de conhecer pessoas que já viajaram com estes objetos;

– Explosivos, substâncias e dispositivos incendiários… ok, estes não precisam de explicação, certo?

Os cigarros e outros produtos de tabaco são permitidos na bagagem de cabine, porém segundo as informações de segurança dos aeroportos dizem que apenas é possível levar um único isqueiro de butano/Zippo ou uma caixa de fósforos. Os equipamentos elétricos e eletrónicos como secador de cabelo ou computador deverão ser retirados da bagagem, de forma a passarem separadamente na máquina de raio-X.

Não se esqueçam de ver também as regras das medidas das malas de cabine consoante a companhia em que viajam, pois estas diferem e não querem ter que pagar o valor exorbitante de a mandar para o porão. De relembrar das novas regras de bagagem da Ryanair, que atualmente com o bilhete normal só permitem uma mala de pequenas dimensões a bordo, sendo que a mala de cabine é enviada gratuitamente para o porão. Aqui fica ao critério de cada pessoa, ou não se importam com esta situação – acreditem que atualmente vão mesmo todas as malas de passageiros com bilhetes normais para o porão – ou se preferem pagar os 5€ adicionais e ter a mala garantida convosco.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *