Dicas úteis #6: Encontrar viagens baratas

Dicas úteis #6: Encontrar viagens baratas

Antes de irmos para o assunto que está no título, peço-vos desculpa por estes dias de ausência. Infelizmente não por férias, mas não me foi possível atualizar o blogue. Agora cá estarei para vos trazer (ainda) mais novidades! 🙂

As viagens baratas são a minha paixão. Sou sempre bastante económica e faço de tudo para estar sempre atualizada dos melhores preços. Tenho quase um mantra que se gastar o menos possível em avião e hotel (com as condições que procuro), posso sempre gastar um bocadinho mais numa extravagância, como um bom restaurante, um museu ou um presente.

O que vos digo aqui, provavelmente não é nada de novo, pois em todas as revistas/blogues de turismo já alguém escreveu sobre este assunto. Mostro-vos simplesmente algumas dicas que eu utilizo.

Há aquela teoria – que está em todooo lado – que nos diz que os voos às terças-feiras são mais baratos. Eu já a testei por diversas vezes e até hoje nunca vi nenhuma oscilação de preço, mas talvez seja só pouca sorte. O momondo realizou um estudo sobre este assunto e chegou à conclusão que se reservarmos os voos 53 dias antes da partida, este valor será 26% mais baixo do que o normal. Vocês já testaram algumas destas teorias?

A minha sugestão é sempre a mesma, pesquisa… muita pesquisa! Ajuda bastante se subscreverem as newsletters das companhias aéreas, de forma a saberem sempre quando vão começar as promoções. Se tiverem redes sociais, sigam-nas também, são um bom veículo de comunicação com os potenciais clientes. Assim que estiverem ativas as promoções, e caso queiram muito viajar, não desistam. Por vezes é necessário investir bastante tempo para encontrar os melhores preços. Claro que quanto mais flexíveis forem de datas, maior a probabilidade de encontrarem bons preços. Dou-vos um exemplo, o ano passado, numa das excelentes promoções da Ryanair, encontrei voos de Londres – Oslo a 0.49€! Claro que no nosso caso, teríamos que juntar o voo até Londres, mas uma vez mais, sendo em época de promoções, esta rota rondava os 20€.

Instagram More:
Fonte: Pinterest

Podem também ir consultando os imensos motores de busca para voos, embora eu os use mais para ver que companhias operam naquelas rotas e depois opto por fazer as pesquisas e compras na companhia em questão.

Em relação aos hotéis, o que eu costumo fazer é procurar os preços nos motores de busca, depois comparar com os preços praticados nos websites das unidades hoteleiras. No caso de ser algo mais pequeno, opto ainda por ligar para o local a questionar os preços e promoções que estejam em vigor. Uma coisa que eu nunca experimentei – talvez por não ter assim tanta lata – mas que dizem resultar, é se forem em casal, informarem o hotel de que estão a comemorar uma data especial. Conheço pessoas que tiveram à espera no quarto uns miminhos por parte da receção. Para marcação de hotéis, e caso usem o booking, não se esqueçam de usar o meu link aqui .

Para a poupança nas cidades, há diversas formas onde conseguem economizar. Os free tours, as horas gratuitas dos museus pagos, os vales de desconto que podem procurar na internet, os combinados dos bilhetes de transportes, entre outras coisas.

Por aí também há poupadinhos no que toca às viagens? Ou têm a opinião de que se é para viajar é para “ir em grande”?



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *