O que há de novo no turismo? Glamping, acampar com estilo

O que há de novo no turismo? Glamping, acampar com estilo

O Glamping é uma nova tendência no mercado, e veio para ficar. Em termos de tempo já existe há alguns anos, mas ainda é desconhecido por muitos. De forma resumida, o Glamping permite-nos um contacto com a natureza e o meio circundante, tal como acampar, mas de uma forma mais confortável, e em alguns casos, algum luxo. Atualmente, já existem diversas empresas que oferecem esta experiência diferente. Podem ser desde yurts, tendas circulares geralmente usadas pelos nómadas na Mongólia, a domos geodésicos, como existe na Serra da Gardunha. Estes últimos são uma semi–esfera colocada no meio da natureza e que devido à sua transparência conseguimos ver tudo o que nos rodeia. Além disso, costumam estar num ponto alto, permitindo uma vista deslumbrante, bem como, um espetáculo de estrelas todas as noite. A maioria dos alojamentos em Glamping estão equipados com casa de banho privada e aquecimento, permitindo que seja possível acampar desta forma, mesmo no inverno.

Eu ainda não tive oportunidade de experimentar nenhuma das opções, mas a curiosidade é muita, uma vez que sou uma amante da natureza! Todas as pessoas que conheço que já experimentaram só têm boas recomendações, principalmente por todas as preocupações ecológicas e ambientais que algumas unidades turísticas deste género têm.

Não querendo dar preferência a nenhuma empresa em específico, trago algumas informações e fotos das unidades que acho mais giras e diferentes do que estamos acostumados a ver em parques de campismo.

– Nomad Planet: Localizado em Fiães do Rio e com uma vista deslumbrante para o Parque Natural Peneda-Gerês tem 4 yurts e uma cabana nas árvores, a “toca do lobo”. Ambas podem acolher até 4 pessoas. Os preços para os yurts são de 50€ para duas pessoas com pequeno-almoço em época baixa, e 57,5€ em época alta. Para a “toca do lobo” e nas mesmas condições, o preço é de 65€ em época baixa e 78€ em época alta.

nomad_planet
Fonte: www.nomadplanet-portugal.com

– Natura Glamping: Se tem curiosidade em ver os domos geodésicos este é o local indicado! Encontra-se no coração da Serra da Gardunha, tem casa de banho privada com produtos de higiene e uma avaliação de 9.3 no booking. Os preços variam de acordo com o dia da semana. Por exemplo, um fim de semana em Setembro para duas pessoas ficaria em 130€.

natura_glamping
Fonte: www.naturaglamping.com

– Quinta M: Uma das mais giras formas de fazer Glamping está em Santarém! Aqui cada yurt tem o nome de um rio português, e não só têm casa de banho privada como um terraço individual com vista para a quinta onde está inserida. Os 4 yurts têm a capacidade para 2 pessoas e o valor por noite de 150€ em época baixa e 180€ em época alta, ambos com pequeno-almoço incluído.

quinta_m
Fonte: www.quinta-m.com

Se neste momento estiverem a sonhar alto com tudo isto, então fiz um bom trabalho. 🙂 Eu facilmente começo a sonhar como seria estar ali e de quanta serenidade se deve sentir. Além disso, em todos os locais que vi, têm sempre inúmeras atividades para fazer, como passeio a cavalo ou uma viagem de balão.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *