O que há de novo no turismo? Turismo Esotérico

O que há de novo no turismo? Turismo Esotérico

Antes de falar no que é isto do turismo esotérico, é importante fazer uma distinção entre o esoterismo e o misticismo. A definição do primeiro gera alguma discussão, mas em traços gerais e pelo significado da própria palavra está associado à ideia de maior intimidade. No misticismo está mais relacionado com uma comunicação com o divino, é algo que procura desvendar a realidade. Agora a grande questão: como é que isto se relaciona com o turismo? Acreditem ou não, isto tornou-se num novo produto turístico, com locais apropriados a este mistério e ao mundo mais esotérico. Para este tema já tinha algum material estudado, pois este produto turístico fez parte de um trabalho de investigação. Este não foi só um trabalho tradicional, mas também organizámos e concretizámos um itinerário com cerca de 25 pessoas. Agradeço aos meus colegas, terem-me deixado usar algum material da nossa investigação para vos dar locais interessantes que possam visitar.

Em Sintra são organizados passeios noturnos na serra, onde se vai parando em alguns locais para serem contadas histórias sobre o que lá aconteceu. Mitos urbanos, casas abandonadas, e muitas lanternas são o que vos espera. Eu já tive a oportunidade de fazer uma destas caminhadas com a empresa Casa do Fauno (https://casadofauno.wordpress.com/) e só tenho boas recomendações, desde a organização, passando pela guia que nos acompanhou, até às histórias que foram selecionadas. Todos os meses eles lançam novas datas e percursos temáticos, o preço por caminhada é de 6€ e tem uma duração aproximada de 3 horas.

If you can allow yourself to feel into the Abyss of Alone, there is a beating heart so ready and waiting to be languished with love. Embrace yourself <3 cara deva:
Fonte: Pinterest

Outros locais, a grande maioria bem conhecidos do público, que têm uma grande componente deste esoterismo devido às histórias que lhes estão associadas, são:

– Centro de Ciências Ocultas (Fafe): Fundado pelo conhecido “Bruxo de Fafe”, este centro dispõe de alguns quartos e faz alguns tratamentos de medicina não tradicional.

– Congresso de Medicina Popular (Vilar de Perdizes): Este já nem precisa de introdução, acontece todos os anos entre o fim de Agosto e o início de Setembro, e tornou-se já no maior evento do género no país.

– Pântano Misterioso (Paredes de Coura): Em Lameira do Salgueirinho há um pântano cujo lodo nunca seca todo o ano. Os locais acreditam que há uma cidade submersa, que ainda têm as suas festas e tradições.

– Pedras Parideiras (Albergaria da Serra): Muita gente já deve conhecer este fenómeno, sendo um dos mais raros fenómenos de granitização do mundo. Em traços gerais, o que acontece é que existe um afloramento e devido à erosão, as pedras mais pequenas acabam por se soltar das maiores. Durante muitos anos, as pessoas recolhiam as pedras por acreditarem que tem uma energia especial. Porém, atualmente já não é permitido.

– Quinta das Lágrimas (Coimbra): Esta é também uma das lendas clássicas, que a maioria de nós conhece. Conta a lenda que foi aqui que Inês chorou pela última vez, antes da sua morte, e que as suas lágrimas ficaram gravadas para todo o sempre nas pedras da fonte.

– Serra da Gardunha: Além do local ser lindíssimo e de visita obrigatória, é também um dos principais locais de avistamento de OVNI’s do país.

– Fenómenos do Entroncamento: Este não é um local físico, mas todos nós já ouvimos falar de algum fenómeno mais estranho que lá tenha acontecido… uma arvore com três espécies diferentes de fruta ou um ovo de galinha com 800gr.

– Casa das Pedras (Parede/Estoril): É uma casa que não passa despercebida pois foi edificada com pedras do mar. Além da particularidade da construção são conhecidas várias histórias acerca das “coisas estranhas” que se passam, tais como espetros de vultos, luzes acesas à noite e janelas a bater.

– Boca do Inferno (Cascais): Apesar de infelizmente ainda ocorrem alguns suicídios, a história que maior marca deixou neste local foi o suicídio Aleister Crowley, que curiosamente envolveu a participação de Fernando Pessoa.

– Sintra: É provavelmente o local no país com o maior número de monumentos com algum mistério associado. Palácio da Pena, Quinta da Regaleira, Santuário da Peninha ou o quarto 18 do Palácio de Seteais são apenas alguns exemplos.

– Capela dos Ossos (Évora): O famoso local da inscrição “Nós os ossos que aqui estamos, pelos vossos esperamos”, e que tem as suas paredes e tetos todos revestidos a ossadas humanas. Não é preciso dizer muito mais, pois não?

– Cabo de São Vicente (Sagres): É um local com uma mística milenar, muitos acreditavam que ali o sol era 100 vezes maior que nos outros sítios e outros diziam que ali era o local de repouso dos deuses, sendo apenas possível visitar o local durante o dia.

– Hotel Fantasma (Ilha de São Miguel): O Hotel Monte Palace, que está situado num local com vista privilegiada para a Lagoa das 7 Cidades, está abandonado há mais de 20 anos. A grande maioria dos locais não se aproxima, pois acreditam que o edifício está assombrado.

– Casa Assombrada (Ilha da Madeira): Esta casa situada em Cancela (Caniço) foi usada durante muitos anos como local de acolhimento a muitas sessões de espiritismo. Atualmente, e 40 anos depois do abandono, as pessoas locais continuam a ouvir e a ver coisas a passar dentro da casa.

Deixo-vos 14 locais onde podem experimentar um pouco mais deste mundo misterioso. Muitos mais existem, mas quis fazer-vos uma lista resumida dos principais. Aposto que quando visitarem alguns destes locais, vão fazê-lo já a pensar nas inúmeras histórias e lendas que por ali aconteceram. Não tenham medo, não vos fazem mal… buh! 🙂



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *